Notícias


Soja e algodão serão culturas com altas

Publicada em 08-10-2007


A cultura da soja deve saltar de 15,359 milhões (t) para 16,340 milhões (t) e 16,951 milhões (t), chegando a um crescimento de 6,4% e 10,4%, para os dois volumes estimados pela estatal. A área cresceu nos mesmos patamares e vai passar de 5,124 milhões (ha) no plantio 06/07 para 5,483 milhões (ha) mínimo, aumento de 7% sobre o território da safra passada. No limite máximo, a área deve chegar a 5,688 milhões (ha), expansão de 11%.


A produção do algodão deve sair de 2,008 milhões de (t) na safra 06/07 para 20,068 milhões (t) e 2,148 milhões (t) um incremento de 3% e 7%, respectivamente no plantio atual. A área deve passar dos 542 mil (ha) na safra passada para 558,3 mil e 579,9 mil no plantio 07/08, uma expansão de 3% e 7% sobre o plantio passado. Com relação ao milho, a produção será aumentada em apenas 0,4% e 0,8%.


O volume vai passar de 5,864 milhões (t) para 5,889 milhões e 5,912 milhões nas duas previsões de crescimento estimadas pela Conab. A área vai partir de 1,592 milhão (ha) na safra 06/07 para 1,602 milhão e 1,607 milhão.


O arroz terá nova queda. A área deve atingir 269,1 mil hectares no plantio 07/08 e 277,5 mil (ha). Na comparação o plantio anterior, quando foram cultivados 280,3 mil (ha) há redução de 4% e 1%, respectivamente. Porém, mesmo com o recuo na área, a produção de arroz pode ser, mesmo que pequena, superior à safra 06/07, passando das 734,3 mil (t) para 730,6 mil (t) e 753,4 mil (t), ou seja, uma queda de 0,5% e aumento de 2,6%, para os dois limites.


Na avaliação do presidente da Famato, Rui Otoni Prado, a produção poderia obter um crescimento este ano acompanhando os demais produtos cultivados no Estado, no entanto, a cultura é usada na abertura de novas áreas, o que não vem ocorrendo nos mesmos patamares dos anos anteriores.(FR)


Fonte: Folha MT