Notícias


Soja: Sementes resistentes à ferrugem asiática deverão ser vendidas em 2010

Publicada em 26-09-2007


 


A agricultura brasileira está próxima de ter a primeira soja resistente à ferrugem asiática, doença considerada pelos produtores e pesquisadores como o maior desafio à sojicultura nacional. De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), de Londrina, a expectativa é que a nova soja esteja disponível para multiplicação de sementes básicas na safra 2008/2009 e pronta para comercialização junto aos produtores de grãos na safra 2010/11.


 


Segundo a assessoria de imprensa da Embrapa, a nova variedade, criada no programa de melhoramento genético de soja da empresa, ainda está em fase de registro. Seu uso no campo deverá ser associado às atuais estratégias de manejo da doença, como o vazio sanitário, o monitoramento permanente da lavoura e o controle químico ao aparecimento dos primeiros sintomas ou confirmação dos primeiros focos na região.


 


A primeira cultivar brasileira de soja resistente à ferrugem asiática foi desenvolvida para a região central do Brasil - onde mais se produz o grão - por meio do Convênio Cerrados, uma parceria entre a Embrapa Soja, a Embrapa Cerrados, a Embrapa Transferência de Tecnologia, a Agênciarual -GO, o Centro Tecnológico para Pesquisas Agropecuárias (CTPA) e apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP). A Embrapa está desenvolvendo cultivares resistentes adaptadas também para outras regiões produtoras. A nova variedade vem sendo avaliada há cinco safras, em relação à produtividade, estabilidade, ciclo, altura de planta e tolerância/resistência a outras diversas doenças.


 


A assessoria explicou que a busca da Embrapa por cultivares resistentes à ferrugem começou em 2001, quando ocorreram os primeiros focos da doença, que causa o desfolhamento precoce, impede a completa formação dos grãos, com conseqüente redução da produtividade. A ferrugem já causou prejuízos de mais de US$ 7,2 bilhões ao país desde que foi identificada pela primeira vez na safra 2001/02.



Só nos dois últimos anos, foram registrados 2.980 focos da ferrugem, que provocaram perdas de 2,67 milhões de toneladas de grãos. A safra 2006/07 ocupou uma área de 20,687 milhões de hectares, com uma produção de 58,4 milhões de toneladas. O Brasil é o segundo maior produtor mundial de soja. Os Estados Unidos, maior produtor mundial do grão, responderam na última safra por 86,77 milhões de toneladas.



Fonte: Folha MT