Notícias


Agronegócios: agosto fecha com recorde de exportações

Publicada em 11-09-2007




As exportações brasileiras do agronegócio em agosto superaram a marca de US$ 5,859 bilhões, alcançando recorde histórico e um valor 13% superior ao mês de agosto de 2006. As importações somaram US$ 824 milhões, crescimento de 35% em relação ao mesmo período de 2006. Com isso, a balança comercial do agronegócio registrou superávit de US$ 5,035 bilhões. Os dados integram a Balança Comercial do setor, divulgada na última quinta-feira pela Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Os setores que mais contribuíram para o desempenho positivo das exportações no mês de agosto foram: soja (15,3%), cereais e preparações (170,9%) e carnes (11,9%). O aumento do total embarcado de carne e soja deve-se à valorização desses produtos no mercado internacional. O preço médio da carne registrou aumento de 16,4%, enquanto o da soja subiu 25,9%. No entanto, o volume exportado dos dois produtos diminui 3,8%, no caso da carne, e 9,5% no caso da soja.

O valor das exportações do complexo sucroalcooleiro diminuiu 17,9% em relação a agosto de 2006. Os preços do açúcar foram 30% inferiores, enquanto o volume exportado aumentou 23,3%, resultando numa redução de 13,6% no valor exportado. As receitas de exportações de álcool diminuíram 29,3%, devido a uma redução de 7,5% na quantidade embarcada, com preços 23,5% menores.

De janeiro a agosto de 2007, as exportações de etanol para os Estados Unidos, principal comprador do combustível brasileiro, caíram 42,11% em relação ao mesmo período de 2006. A participação dos EUA nas exportações brasileiras de etanol passou de 63,76% para 31,61%.

Fonte: Agronegócios