Notícias


Milho: Com 100% de interesse, Pepro tem deságio nas regiões de MT

Publicada em 11-12-2009


A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) negociou 99,49% das 500 mil toneladas e 100% das 20 mil toneladas ofertada nos dois leilões de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (Pepro) para milho de Mato Grosso realizados hoje. A disputa pela subvenção provocou deságio no valor do prêmio em todas as regiões do Estado.

No primeiro leilão, edital 396 de 2009, houve deságio nas três regiões do Estado: de 37% no norte e 43% nas regiões sul e médio-norte. Foram negociadas 100% das 275 mil toneladas ofertadas para o norte do Mato Grosso, com subvenção de R$ 4,19 por saca de 60 quilos, de um prêmio inicial de R$ 6,66 por saca.

Na região sul também foram arrematadas as 50 mil toneladas ofertadas, com subvenção de R$ 3,45 por saca, ante prêmio inicial de R$ 6,06 por saca. Já no médio-norte, houve demanda por 98,53% das 175 mil toneladas leiloadas. Com a disputa, a região registrou a menor valor de subvenção, que ficou em R$ 3,11 por saca (ante prêmio inicial de R$ 5,46 por saca).

No leilão 397 de 2009, operação destinada ao escoamento para as regiões norte dos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, a maior disputa pelo prêmio ocorreu no médio-norte e sul de Mato Grosso, onde o deságio foi de 32% nas duas regiões, enquanto no norte do Estado ficou em 31%. A subvenção ficou em R$ 4,59 por saca de 60 quilos no norte do Estado, R$ 4,08/saca no médio-norte e R$ 3,67 por saca no sul do Estado. O prêmio inicial era de, respectivamente, R$ 6,66 por saca, R$ 6,00 por saca e R$ 5,40 por saca.

Fonte: Último Segundo