Notícias


Seca prejudica agricultores no RN

Publicada em 07-12-2009


Agricultor usa balde para encher reservatório.

Enquanto o Sul e Sudeste sofrem com o excesso de chuvas, no Rio Grande do Norte, a preocupação é com a seca. Em muitas propriedades já não há água nem pastagem e os agricultores se viram como podem.

De balde em balde, o agricultor Manoel Marconino Neto enche o reservatório de 250 litros, que vai garantir a água de casa por pelo menos um dia. O agricultor Francisco Sobrinho também se esforça com os baldes. Ele é um dos muitos agricultores de Mossoró que precisam usar a água salobra do poço de um assentamento.

O sacrifício dos agricultores é um reflexo da seca. Em muitas propriedades, não chove há mais de quatro meses. Sem água, o pasto está diminuindo e os animais disputam o alimento no mato seco.

Há cerca de oito meses, uma das propriedades da região registrou prejuízos com o excesso de chuva. Na época, o mato era verde, alto e a terra estava tão encharcada que ficava difícil até de caminhar com os pés afundando. Foi um período difícil, que a maioria dos agricultores fez questão de esquecer. Agora, diante do cenário de seca, a torcida é que a estação chuvosa volte logo, mas não com tanta intensidade.

É esse o desejo do agricultor Pedro Clemente da Silva. Ele foi atingido com o excesso de água do início do ano. Na plantação de milho, ele mostra o resultado das espigas. "Não deu um saco de milho", disse.

Fonte: G1