Notícias


Definido zoneamento para safrinha de milho em oito Estados

Publicada em 27-11-2009


O Ministério da Agricultura aprovou o zoneamento agrícola do milho em oito Estados para a segunda safra 2009/2010. A definição está em oito portarias publicadas na edição de hoje do Diário Oficial da União (DOU).

"Por ser cultivada após uma cultura de verão, a segunda safra, também conhecida como safrinha, pode ter sua produtividade bastante afetada pelo regime de chuvas e por limitações de radiação solar e de temperatura na fase final de seu ciclo", afirma a Secretaria de Política Agrícola, em notas técnicas publicadas em anexo às portarias.

O objetivo desse "zoneamento agrícola de risco climático", acrescentam as notas, é o de "identificar os municípios aptos e os períodos de semeadura, para o cultivo do milho 2ª safra nos Estados."

Na Portaria 321, foi indicado o zoneamento para a segunda safra em Mato Grosso do Sul. De acordo com o DOU, o Estado produziu 1,8 milhão de toneladas de milho em uma área de 853,8 mil hectares na segunda safra de 2008/2009. A Portaria 322 apresenta as especificações para Mato Grosso, que produziu 7,5 milhões de toneladas no ciclo passado da safrinha, em uma área plantada de 1,5 milhão de hectares.

A Portaria 323 trata do zoneamento em Goiás, Estado responsável pela produção de 1,6 milhão de toneladas de milho na safrinha 2008/2009, em uma área de 371,4 mil hectares. O zoneamento agrícola para o Distrito Federal (25,7 mil toneladas de milho em uma área de 4,8 mil hectares na safrinha de 2008/2009) foi aprovado pela Portaria 324.

As regras para São Paulo constam da Portaria 325. De acordo com o DOU, o Estado foi responsável pelo cultivo de 906,5 mil toneladas de milho na segunda safra de 2008/2009, em uma área plantada de 271 mil hectares.

Na Portaria 326 foi definido o zoneamento para o Estado de Minas Gerais, que produziu 152,9 mil toneladas na safra anterior (29,5 mil hectares). Na Portaria 327, está o zoneamento para o Rio de Janeiro, cujos dados de produção anterior não foram discriminados no DOU.

Por fim, a Portaria 328 trata da produção no Paraná. O Estado produziu 4,8 milhões de toneladas de milho em uma área plantada de 1,5 milhão de hectares na segunda safra 2008/2009.