Notícias


Soja e milho ditam o ritmo no Paraná das exportações mundiais

Publicada em 20-05-2009


Ao longo do ano, a economia guarapuavana exportou US$ 58,6 milhões, 22% de elevação sobre o mesmo período do ano anterior. Os números são do Mdic (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior).

Mais uma vez, os grãos foram o motor das vendas ao exterior. No primeiro quadrimestre do ano, a soja respondeu por 59,5% das exportações, somando US$ 34,9 milhões. O milho correspondeu a 15%, com US$ 8,9 milhões. Os dois representaram 75% do total exportado.

O desempenho das exportações de grãos é muito superior ao do ano passado. Na soja, o crescimento é nove vezes maior. No milho, o dobro. Mas na indústria, o mercado continua recuado. As exportações de madeira desandaram 59% no quadrimestre, caindo de US$ 28,9 milhões para US$ 11,8 milhões. As empresas do setor do papel também sentiram retração, em proporção menor: 16%. No papel, as vendas ao exterior somaram US$ 2,4 milhões.

A China configura, ao longo deste ano, como o principal importador de mercadorias guarapuavanas. Com US$ 16,2 milhões importados, o país responde por 28%. Depois aparece Tailândia, com 17%, seguida da Alemanha (9%), Itália (8%) e Marrocos (7%).

Fonte: Diário de Guarapuava