Notícias


Aumento do dólar deve beneficiar podutores de soja

Publicada em 22-09-2008


As recentes oscilações cambiais - que fizeram o dólar fechar a semana cotado a R$ 1,831, com valorização de até 17,2% frente à cotação do final de julho deste ano (de R$ 1,562) - devem causar reflexos nas cotações da saca da soja e, a longo prazo, podem alterar também a estrutura dos custos de produção, uma vez que grande parte dos defensivos e fertilizantes utilizados para o cultivo das lavouras são importados e têm preço vinculado à moeda americana. Na prática, as negociações dos insumos para plantio da safra 2008/2009 estão consolidadas o que impede que os impactos da valorização do dólar nas últimas semanas incidam imediatamente nos custos. Por um lado, a expectativa é que a valorização do dólar possa melhorar os preços da soja para a safra que começará a ser plantada. No entanto, a valorização da moeda americana causa certo temor na atividade agrícola, pois pode representar encarecimento dos custos para as próximas safras.

CORREIO DO ESTADO