Notícias


Caminhoneiros e exportadores de grãos buscam acordo na Argentina

Publicada em 12-09-2008


Caminhoneiros e exportadores de grãos da Argentina entraram no segundo dia de negociações hoje, com os dois lados esperando chegar a um acordo para pôr fim às greves e piquetes nos portos. Os transportadores bloqueiam o acesso a processadoras e complexos portuários há duas semanas, dificultando o cumprimento dos compromissos de exportação - já afetados pelas greves de produtores do primeiro semestre.
Os caminhoneiros, que exigem maiores compensações e benefícios, interromperam parcialmente as entregas nos portos de Quequen e Bahia Blanca, no sul da província de Buenos Aires, San Martin, San Lorenzo e Ramallo, em Rosario. Muitos caminheiros conseguiram, contudo, desviar-se dos bloqueios e descarregar seus produtos.

Na média, 3.061 caminhões por dia tiveram acesso aos portos ao longo do Rio Paraná, em Rosário, nos últimos cinco dias, ante uma média diária de 3,9 mil durante o mesmo período do ano passado, segundo a Bolsa de Grãos de Rosário. As informações são da Dow Jones.

Último Segundo