Notícias


UE aprova importação de soja transgênica da Bayer

Publicada em 09-09-2008


A Comissão Européia, braço executivo da União Européia (UE), aprovou hoje a importação de uma variedade de soja geneticamente modificada desenvolvida pela Bayer AG, a A2704-12. A decisão visa prevenir a falta de matéria-prima para a fabricação de ração nos países que compõem o bloco nos próximos anos.

A aprovação terá validade por dez anos e foi precedida de uma grande indefinição por parte dos integrantes do Conselho Europeu, que não conseguiram chegar a um acordo sobre a importação de soja transgênica. A decisão coube, então, à Comissão Européia, que geralmente aceita o veredicto da Autoridade Européia de Segurança Alimentar, que no ano passado considerou o produto da Bayer seguro para consumo.

A UE também estuda a importação de outra soja modificada, a Roundup Ready 2, desenvolvida pela Monsanto. A expectativa é que a aprovação saia antes da safra 2009/10, que será plantada no início do próximo ano.

Mais de 20 novas variedades de soja geneticamente modificada estão sendo desenvolvidas pela indústria de sementes atualmente e os importadores europeus temem que a lentidão no processo de permissão da UE prejudique as compras do bloco uma vez que a variedade pode não estar mais sendo utilizada pelos produtores de outros países, especialmente os EUA, quando aprovada pela UE.

A situação levou a UE a permitir a presença de traços de organismos geneticamente modificados em importações de produtos agrícolas a fim de não prejudicar o comércio de soja e outros produtos importantes para o bloco. A UE importa soja dos Estados Unidos, Brasil e Argentina, países onde a maior parte da produção é transgênica. As informações são da Dow Jones.

Agência do Estado