Notícias


Venezuela pede ajuda ao Brasil por crise alimentícia

Publicada em 28-08-2008


Funcionários do Governo da Venezuela se reuniram hoje com representantes do Ministério da Agricultura brasileiro para pedir apoio no enfrentamento à "crise de abastecimento" de alimentos, informou este organismo.

Os principais assuntos da reunião foram o apoio tecnológico para aumentar a produção de soja e a ajuda para fortalecer a agricultura familiar na Venezuela, explicou o Ministério.

Desde segunda-feira passada, 23 representantes dos ministérios venezuelanos de Agricultura e de Terras realizam uma visita ao Brasil. Hoje, foram à sede do Ministério da Agricultura em Brasília.

O vice-ministro de Economia Agrícola venezuelano, Richard Canán, entre outros funcionários, apresentou ao secretário de Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Célio Porto, "a preocupação dos venezuelanos com a segurança alimentar em relação ao cultivo de soja".

A soja, amplamente usada no mundo para a alimentação humana e animal, é o principal produto agrícola de exportação do Brasil, cuja colheita anual se aproxima de 60 milhões de toneladas.

A Venezuela é hoje o segundo maior cliente de produtos agropecuários do Brasil na América do Sul.

No primeiro semestre de 2008 as principais vendas do Brasil à Venezuela neste setor foram de carnes (US$ 404 milhões), animais vivos (US$ 123 milhões) e produtos lácteos (US$ 101 milhões), segundo as estatísticas brasileiras.

Os funcionários venezuelanos disseram esperar que o chefe de Estado Hugo Chávez e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinem um novo convênio de cooperação na área agrícola em um próximo encontro programado para setembro no Brasil.

EFE