Notícias


China deve importar 3,37 mi t de soja em agosto

Publicada em 21-08-2008


LONDRES - A China, maior importador mundial de soja, deve comprar no exterior 3,37 milhões de toneladas da oleaginosa em agosto, informou o Ministério do Comércio nesta quarta-feira.


As importações de óleo de soja devem somar este mês 170 mil toneladas. As compras de óleo de palma estão estimadas em 320 mil toneladas, segundo um relatório do ministério, divulgado nesta quarta-feira.


O Brasil, o segundo exportador mundial de soja do mundo, costuma ser um dos principais fornecedores para a China.


A China implementou um sistema de informação e pediu aos importadores que reportem suas compras a partir deste mês.


Os compradores também informaram que as importações de soja em setembro devem somar 2,48 milhões de toneladas. Em outubro, até agora, estão estimadas em 785,6 mil toneladas.


As estimativas de importação de soja em agosto são inferiores às previsões de traders, de cerca de 4 milhões de toneladas.


Processadores chineses de soja reduziram suas importações da oleaginosa devido às margens negativas da indústria, em função dos dispendiosos carregamentos.


As chegadas de óleo de soja para setembro estão estimadas em 213,9 mil toneladas e em 17,5 mil toneladas para outubro, enquanto as importações de óleo de palma para setembro estão previstas em 56,4 mil toneladas e em 31,5 mil toneladas para outubro.


O Ministério do Comércio pode revisar as estimativas até o final do mês.


O governo requer que importadores relatem os carregamentos em um prazo de três dias depois de assinar os contratos, assim como a chegada e o desembarque do produto.


O ministério não recebeu informes de importações de óleo de colza e de colza para agosto a outubro, enquanto as importações de farelo de soja foram estimadas em apenas 2 mil toneladas para agosto.


O ministério publicará os dados duas vezes ao mês.


REUTERS