Notícias


Aumento da exportação de soja

Publicada em 14-07-2008


As exportações de soja e derivados do Brasil aumentaram 4% no primeiro semestre em relação ao mesmo período do ano passado, para 20,70 milhões de toneladas, informou nesta sexta-feira a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Em valores, entretanto, houve um salto de 70% na mesma comparação, devido aos melhores preços do produto no mercado internacional.

As divisas com as exportações do complexo soja, segundo a Conab, atingiram US$ 9,03 bilhões, ante US$ 5,39 bilhões no primeiro semestre de 2007, respondendo por 10% do total de recursos obtidos pelo Brasil com as vendas externas.

A Conab estima que, até o final do ano, o País exportará um total de 41 milhões de toneladas de soja (em grão), óleo e farelo de soja.

Para o gerente de Oleaginosas e Produtos Pecuários da Conab, João Paulo de Moraes, o aumento do consumo mundial, em especial na China, a redução da oferta nos Estados Unidos no ano passado e a demanda por óleos vegetais, principalmente para produção de biodiesel, contribuíram para a alta dos preços.

"Esses fatores causaram uma diminuição nos estoques finais e ajudaram a valorizar a soja no mercado internacional", disse ele.

A estimativa do governo está um pouco abaixo da projeção da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), que calcula que as exportações do complexo soja atingirão 42,55 milhões de toneladas no ano, somando um recorde de US$ 17,8 bilhões.

Em 2007, as exportações atingiram 38,55 milhões de toneladas, garantindo divisas de US$ 11,32 bilhões, de acordo com dados da Abiove.

Fonte: Reuters