Notícias


Nordeste receberá R$ 4 bi na safra 2007/2008

Publicada em 31-05-2007


30% de toda a verba já é destinada ao Nordeste

O Plano Safra da Agricultura Familiar 2007/2008 destinará para a região Nordeste do País R$ 4 bilhões. A informação partiu do ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, durante reunião em Brasília com os secretários estaduais de Agricultura dessa região do País, nesta quarta-feira (30). Também participaram do encontro os delegados federais do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) do Nordeste e presidentes das empresas estaduais de  assistência Técnica e Extensão Rural. Ao todo, no Brasil, o Plano Safra 2007/2008 irá destinar R$ 12 bilhões.

Atualmente, 30% de todo o crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) é utilizado no Nordeste, que possui a metade dos estabelecimentos de agricultura familiar do País. Esse retrato era diferente há quatro anos. Avançamos muito, principalmente do ponto de vista do crédito, avalia Cassel. Para ele, a região precisa ser tratada de forma diferenciada. Precisamos ver o Nordeste como uma região que tem muitas possibilidades, que
tem a sua complexidade e que precisa ser tratada como uma região especial, com políticas especiais, defendeu.

De acordo com o ministro, a tarefa de nacionalizar o Pronaf, com ênfase no Norte e no Nordeste do País, deverá ser feita a partir de agora de forma mais
articulada. Queremos romper um pouco com esse tratamento que a gente tem, estado a estado, e pensar na região como um todo. Trabalhá-la segundo as suas peculiaridades e as suas necessidades, afirmou.

Durante o encontro, o ministro reafirmou a importância de se contar com uma rede de políticas públicas permanentes capazes de dar estabilidade para os agricultores de todo o País. A gente não faz política pública para a agricultura familiar e para a reforma agrária aqui de Brasília. Não há chance disso acontecer. Queremos pensá-las de forma conjunta, informou.

Cassel enfatizou a necessidade de se contar com os estados e os municípios para fazer com que as políticas públicas cheguem ao agricultor familiar. Ter
uma relação cada vez mais estreita com os estados é fundamental. Assim, poderemos compreender melhor as complexidades dos diversos ambientes, para que se some esforços e se trabalhe melhor, avaliou. Para o ministro, esses encontros regionais marcam uma nova fase de gestão do Ministério. A próxima reunião está agendada para julho e reunirá os secretários estaduais de Agricultura da região Norte.

O ministro Guilherme Cassel destacou durante o evento a modernização pela qual passou o Pronaf nos últimos quatro anos. Garantimos acesso mais facilitado
ao programa. O volume de crédito passou de R$ 2 bilhões para R$ 12 bilhões. E o mais importante, estamos conseguindo incluir um milhão de novas famílias no
sistema brasileiro de crédito.

Ele destacou, ainda, as novidades do Plano Safra 2007/2008. Além do aumento do volume de recursos, haverá uma redução de juros nos financiamentos do Pronaf e uma ampliação de recursos para a assistência técnica e a comercialização da produção. Essas mudanças ampliam muito a nossa capacidade de atuação, concluiu. As informações partem da Assessoria de Imprensa do Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Fonte: Infoagro