Notícias


Crise na Bolívia preocupa o Planalto

Publicada em 30-03-2008


A Bolívia enfrenta mais uma crise em sua economia. A recente proibição das exportações de alimentos e de óleos vegetais, adotada por decreto como meio de combater a inflação, levou o país ao caos na produção e no abastecimento e a uma potencial perda de US$ 200 milhões em vendas externas.

Fabricantes de óleos de soja e de girassol reagiram com a paralisação do setor, desde a última segunda-feira, e foram acompanhados pelos sindicatos de caminhoneiros, que declararam greve e bloquearam as vias de acesso ao Brasil, ao Peru e ao Paraguai.

Agravada pela crise energética, que deverá se intensificar no período de inverno, a situação está sendo acompanhada com atenção pelo governo brasileiro. O Palácio do Planalto teme que a Bolívia seja empurrada para uma ruptura institucional e a um conflito social, que trarão ainda mais insegurança a novos investimentos produtivos da Petrobrás no país e ao suprimento de gás ao mercado brasileiro.

Fonte: Monitor Mercantil