Notícias


Complexo soja responde por 62% das exportações de MT

Publicada em 29-02-2008


O complexo soja foi responsável por 62,26% das vendas externas realizadas por Mato Grosso no mês de janeiro de 2008. No primeiro mês do ano, os embarques mato-grossenses somaram US$ 439,42 milhões, o que representa um aumento de 71,60% sobre igual período de 2007.

Apesar de manter a posição de carro-chefe, a participação do complexo soja no primeiro mês de 2008 teve uma leve queda de três pontos percentuais, ficando abaixo dos 50,35% registrados em janeiro do ano anterior.

Os embarques de soja em grão tiveram crescimento de 104,84% e totalizaram US$ 130,61 milhões ante os US$ 63,73 milhões nos períodos comparativos. As vendas de óleo saltaram 2.081%, passando de US$ 1,421 milhão em janeiro do ano passado para US$ 31,12 milhões no primeiro mês de 2008. Em contrapartida, as exportações de farelo caíram 25,48%, indo para US$ 47,141 milhões, e a de lecitina, 37,12% (US$ 307 mil).

As vendas externas de milho também estão entre os produtos da pauta que iniciaram o ano com bom desempenho. Em janeiro de 2008, as remessas ao exterior somaram US$ 58,63 milhões ante US$ 19,840 milhões sobre o mesmo mês de 2007. Nesse caso, a alta foi de 195,51%.

A balança comercial de Mato Grosso fechou janeiro com um superávit de US$ 383,33 milhões em janeiro deste ano, com as exportações de US$ 439,42 milhões e importações US$ 56,087 milhões.

Apesar do saldo positivo, o Estado continua registrando perdas cambiais em decorrência da valorização do real frente ao dólar. Segundo informações do Centro Internacional de Negócios (CIN) da Fiemt, o valor em janeiro já soma R$ 162,58 milhões. Em janeiro de 2007, a cotação média da moeda americana era de R$ 21,4 e em janeiro de 2008, de R$ 1,77.

Fonte: Aprosoja