Notícias


Milho e soja na bolsa de Chicago

Publicada em 26-11-2007


Os preços futuros do milho fecharam em alta, na sexta-feira (23-11), na bolsa de Chicago, seguindo a tendência altista verificada nos mercados de trigo e de soja. Devido ao feriado de Ação de Graças, o pregão foi finalizado mais cedo. Os papéis para entrega em março subiram 7 centavos de dólar, a US$ 4,0575 por bushel. Segundo analistas ouvidos pela agência Dow Jones, as fortes vendas ao exterior e a apreciação dos metais também influenciaram nos preços da commodity. Segundo o USDA, os embarques semanais de milho atingiram o volume de 1,847 milhão de toneladas, muito acima da expectativa de 1 milhão a 1,5 milhão de toneladas. No mercado paulista, a saca de 60 quilos teve preço médio de R$ 32,75, com alta de 1%, segundo o indicador Cepea/Esalq.


 


Os preços futuros da soja também fecharam com forte alta na sexta-feira, atingindo a maior cotação dos últimos 34 anos, após a China ter aumentado as compras do grão dos EUA, segundo a Bloomberg. Os exportadores americanos de soja divulgaram vendas de 1,81 milhão de toneladas na semana passada, alta de 39% em relação à semana anterior, informou o Departamento de Agricultura dos EUA. A China, maior importador global de soja, respondeu por 66% volume total exportado pelos EUA no período. Na bolsa de Chicago, os contratos da soja para março fecharam a US$ 1,11625 o bushel, alta de 15 centavos de dólar. No Paraná, a saca de soja ficou com preço médio de R$ 42,83 na sexta-feira, alta de 0,35%, segundo o índice Cepea/Esalq.



Fonte: Agronotícias